Este post contém links de afiliação que ajudam a manter o blog funcionando. 

Marketing de Afiliados: Passo-a-Passo Inicial

29 out, 2020 | Blogging

Você quer saber o que é e como funciona esse modelo de negócios chamado Marketing de Afiliados? E como ingressar nesse mercado que cresce a cada dia?

Obter conhecimento, especialmente para aqueles que estão iniciando, é essencial para não cair em armadilhas enganosas que prometem altos ganhos instantâneos e nenhum trabalho.

marketing-de-afiliados-como-começar

Marketing de Afiliados: Guia para Iniciantes

Trabalhar com marketing de afiliados exige tempo e dedicação até a obtenção de resultados. Não existe uma fórmula secreta ou mágica para ganhar dinheiro do dia para  noite.

Mas, depois que você já tiver um tráfego constante direcionado ao seu blog ou página de vendas é possível obter renda passiva por meio dele.

A principal vantagem de participar de um programa de afiliados, é que você não precisa criar um produto próprio para começar a vender e ganhar dinheiro.

Comemore suas primeiras vendas, mesmo que sejam de pequeno valor, pois elas evidenciam que suas estratégias estão funcionando e serão seu motivador para seguir em frente!

1. O QUE SIGNIFICA?

 

O marketing de afiliados é um modelo de negócios online bastante simples, mas que necessita um processo de amadurecimento até que resultados constantes apareçam, assim como em qualquer outro negócio digital ou não. 

No marketing de afiliados, você promove produtos, infoprodutos, serviços ou ofertas de outras pessoas na forma de links ou banners em seu blog, redes sociais ou páginas de vendas e obtém uma comissão/recompensa por cada venda realizada ou por alguma outra ação concretizada pelo cliente como cliques e inscrições.

Isto é o que se chama de conversão: quando uma pessoa realizada uma determinada ação através do seu link de afiliado que é passível de remuneração. Cada programa de afiliado possui suas próprias regras e requisitos para tal. 

O marketing de afiliados é, portanto, uma parceria na qual os produtores oferecem uma comissão a um parceiro quando este gera tráfego, leads ou vendas para seus produtos, infoprodutos e/ou serviços.

Este mercado está crescendo cada vez mais no Brasil, pois gerar lucro como afiliado permite que, após algum tempo, você tenha uma renda passiva, enquanto foca em outros trabalhos ou projetos que deseja realizar, sem que precise se dedicar e ele todos os dias.

E, por meio da internet, você é capaz de anunciar seus links a milhares de pessoas. Não há limites praticamente.

Mas é claro que isso significa que há mais concorrência. Então você tem que encontrar maneiras de se destacar.

Em termos simplistas, portanto, o marketing de afiliados é a prática de direcionar o tráfego de um site para outro

 

em troca de recompensa.

Damian Ryan

2. COMO FUNCIONAM AS COMISSÕES?

 

Os dois tipos mais populares de comissionamento no marketing de afiliados são:

  • Custo por Ação (CPA) e
  • Custo por Clique (CPC).

No modelo de Custo por Ação, você está tentando fazer com que as pessoas realizem uma ação, como preencher um formulário, participar de um webinário ou preencher uma pesquisa. Ele inclui outros tipos específicos também, como o chamado Custo por Venda (CPV).

Já no modelo de Custo por Clique – ou Pay Per Click (PPC), o afiliado é comissionado a cada clique que recebe em seus links  e banners.

Existem ainda diversas outras formas de comissionamento, como: Custo por Impressão (CPI), Custo por Download (CPD) e Custo por Lead (CPL).

3. POR QUE PARTICIPAR?

 

O marketing de afiliados é provavelmente a melhor estratégia para pessoas que querem ganhar dinheiro na internet, mesmo sem ter qualquer tipo de experiência prévia com blogs ou na área do marketing digital!

São poucas as barreiras de entrada. Você não precisa ter um produto próprio, lidar com os pagamentos ou realizar qualquer tipo de suporte ao consumidor final.

Além disso, você também não precisa se preocupar com funcionários ou infraestrutura como em um negócio convencional.

Dependendo do programa, as comissões podem ser altas, especialmente em produtos digitais. E há muitos tipos de produtos, ofertas e canais nos quais você pode focar.

Existem algumas desvantagens, é claro:

  • Você está confiando em outras pessoas para escolher os produtos e definir os preços. Tudo em relação ao produto em si está fora de seu controle.
  • Você apenas divulga o seu link de produtos e anúncios de terceiros.
  • Você direciona seu público para produtos de outras pessoas, em vez de seus próprios produtos ou serviços. Mas, depois que ganhar experiência você poderá se tornar um produtor também.

Mas ainda é uma excelente escolha, especialmente para quem está iniciando no ramo de vendas pela internet.

Escolher produtos que você já testou e aprovou ou que tenham boa reputação para divulgar e ajudar seu público-alvo de uma forma útil e relevante é essencial.

Se está começando como blogger, por exemplo,  não precisa de milhares de posts, visitas ou seguidores para poder se qualificar para um programa de afiliados.

Alguns dos meus programas favoritos como afiliada que você precisa conhecer, mesmo sendo iniciante, estão na lista abaixo.

Confira todos eles e descubra quais se encaixam melhor em seu nicho:

Amazon

Um dos melhores programas para afiliados iniciantes, pois tem produtos de diversas categorias. Além de ser um site mundialmente popular e cada vez mais utilizado no Brasil.

Saiba Mais

Hotmart

É a maior plataforma brasileira de marketing de afiliados, com milhares cursos online, ebooks, clubes de assinatura, eventos sobre praticamente todos os assuntos.

Saiba Mais

Canva

Com mais de 18 milhões de usuários e disponível em mais de 100 idiomas, é o software de design gráfico mais utilizado.
Divulgue o CanvaPro sem taxa de adesão ou vendas mínimas!

Saiba Mais

Elegant Themes

Sempre que você enviar um novo visitante, ele será rastreado e sempre que alguém que você indicou ao site comprar um dos seus produtos, você recebe 50% da venda!

Saiba Mais

ShareASale

O site hospeda mais de 3.900 programas afiliados em 40 categorias diferentes. Com certeza, você vai encontrar algum produto que se encaixe no seu nicho de negócio.

Saiba Mais

Awin

Uma das maiores redes de afiliação do mundo, com 15.200 anunciantes e 150 milhões de vendas geradas em 2019, tem produtos para todos os gostos e nichos.

Saiba Mais

Tailwind

Basta somente se inscrever no site para um teste gratuito e você já pode indicar pessoas para participar da Tailwind e ganhar um crédito de 15 dólares por cada indicação.

Saiba Mais

Answer the Public

O processo de inscrição é bem fácil e rápido. Além disso, você irá ganhar 30% de comissão recorrente para cada cliente Pro que se inscrever a partir do seu link de afiliado.

Saiba Mais

4. É PRECISO TER UM BLOG?

 

Não é necessário que você tenha um blog ou site para poder participar do marketing de afiliados e divulgar seus links. Você pode divulgá-los nas redes sociais ou criar páginas de venda específicas para promover um produto específico.

Mas, é altamente recomendável ter uma página dedicada exclusivamente ao seu conteúdo para que os visitantes recebam informações de valor que sejam úteis a eles, em vez de simplesmente serem forçados a comprar de um link direto para uma página de vendas.

Quanto mais autoridade você construir perante seu público, melhores serão as chances de transformar seus leads em consumidores.

Seja autêntico e atraia a atenção das pessoas criativamente. Ao mesmo tempo, em que deve fornecer conteúdo com informações honestas e úteis que agreguem valor a elas. 

Um bom conteúdo aliado a um bom produto é a melhor maneira de obter um bom ROI (Return Over Investment, ou Retorno sobre o Investimento).

5. COMO DECLARAR IMPOSTOS?

 

Uma etapa importante e essencial é a declaração do imposto de renda sobre os ganhos no marketing de afiliados. Uma etapa que é negligenciada pela maioria dos iniciantes na área (incluindo quem escreveu este post laughing). 

Para informações detalhadas, recomendo a leitura do e-book gratuito: Tributos e Finanças para Afiliados e Produtores Digitais (Pessoa Física). Você vai aprender, com quem entende do assunto, como e quando recolher da forma correta o seu imposto como afiliado pessoa física, além de outros temas como quais são os limites de saque para afiliados. 

Mesmo que o assunto não agrade de início, dedique um pouco de tempo por semana a ele até obter uma compreensão de como proceder corretamente, assim você evitará incômodos futuros.

Se você deseja um conteúdo mais completo, com as planilhas necessárias para o controle de suas finanças, controle de faturamento, controle mensal de receitas, dentre outras e aprender a aumentar seus lucros e pagar menos impostos, faça como eu e acesse o curso Tributos e Finanças para Afiliados e Produtores. 

É um curso online com o propósito de ajudar os afiliados e produtores digitais em todas as questões tributárias envolvendo a venda de produtos digitais. Você terá acesso a diversos conteúdos como:

1. Limites de Saque acima de R$ 1.900,00;
2. Base de Cálculo e Valor de Recolhimento para Pessoas Físicas;
3. Qual a Data de Incidência do Fato Gerador;
4. Exemplo Prático de Aplicação;
5. Como usar a Planilha de Saques Mensais;
6. Como evitar a Fiscalização;
7. O correto valor para a Informação;
8. Passo a passo do Carnê-Leão, desde o download do programa até a emissão do DARF;
9. Passo a Passo da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, desde o download do programa até o arquivo do Comprovante de Entrega;
10. Exemplo prático de Simulação de Rendimentos;
11. Como evitar a Malha Fina da Receita Federal.

Acesse o e-book gratuito ou o curso completo para atuar com tranquilidade e não ter problemas na hora de declarar sua renda como afiliado!

Passos Iniciais e Essenciais para o Sucesso

 

marketing-digital-redes-sociais

1. ESCOLHA UM NICHO DE MERCADO

 

O primeiro passo para começar no marketing de afiliados é escolher o nicho de mercado em que você deseja atuar. Escolha um ou dois nichos para atuar. Este passo é extremamente importante, pois irá determinar todos os outros passos em sua jornada.

Ao escolher um nicho, você terá mais foco no que o seu público-alvo realmente precisa e conseguirá ser muito mais útil a eles. Tendo assim mais chances de vender os produtos certos para suas necessidades.

Existem muitos nichos, e muitos deles são lucrativos. Os principais são:

  • Saúde;
  • Dinheiro/Negócios;
  • Relacionamentos.

Você também pode escolher um sub-nicho e se especializar ainda mais. Por exemplo, ao invés de escolher apenas o nicho “riqueza”, você pode tratar especificamente sobre como ganhar dinheiro online através de blogs e marketing de afiliados.

Em vez de “saúde”, você poderia escolher um sub-nicho como o paleo, crossfit ou perda de peso.

Você quer escolher um nicho que seja grande o suficiente para que exista uma audiência lucrativa considerável, sobre o qual você tenha interesse para manter-se motivado a longo prazo e que seja perene, isto é, que se mantenha relevante e atualizado.

2. ESCOLHA UMA PLATAFORMA DE CONTEÚDO

 

O próximo passo é escolher uma plataforma para promover seu conteúdo e os seus links de afiliação.

As principais opções são:

  • Conteúdo escrito (como um blog no WordPress.org),
  • Conteúdo de vídeo (iniciar um canal no YouTube),
  • Redes sociais: Facebook, Pinterest, Twitter e Instagram.

Depois de escolher quais são os melhores meios de divulgação para seu nicho, você precisará publicar conteúdo para eles. Quanto mais conteúdo e de maior qualidade, mais autoridade você terá.

Por isso, dedicação e estudo são essenciais! 

O objetivo é construir um público que gosta e confia no que você tem a dizer. 

3. ESCOLHA PRODUTOS E SERVIÇOS PARA PROMOVER

 

Após escolher seu nicho e em quais canais irá promover seu conteúdo e links, encontre as melhores plataformas de vendas de produtos digitais para você, como a Amazon, a Hotmart e a Eduzz, e pesquise todas as opções disponíveis para o nicho escolhido.

Você leu algum e-book interessante ou fez algum curso relacionado ao seu nicho? Procure se há algum meio de se afiliar e eles!  Simplesmente faça uma pesquisa no Google com o nome do produto seguido de “programa de afiliados” e veja se é possível promovê-lo. 

Há ainda dois fatores importantes a serem lembrados sempre quando você for escolher produtos e serviços para promover:

  • Promova algo que Usou e Gostou: Não promova produtos ruins – nunca! Não promova nada que você não usaria, tenha usado você si mesmo ou não queira que seu nome seja associado.
  • Promova Produtos Reconhecidos e Bem Avaliados no mercado e com resultados comprovados.

Apenas promova aquilo que está relacionado ao seu nicho escolhido. Assim, você estará entregando algo de valor e utilidade ao seu público e você terá mais chances de receber comissões recorrentes. 

Escolha um nicho, concentre-se nele e ofereça produtos e serviços de boa qualidade para eles. Simples!

4. DIRECIONE SEU TRÁFEGO

 


Você precisa pensar em todo o tráfego como sendo gratuito ou pago. E você provavelmente quer usar uma combinação de ambos. Os dois tem suas vantagens e desvantagens.

O tráfego orgânico ou livre é gratuito, mas gera resultados mais lentamente. Na verdade, não é realmente livre, pois custa tempo em vez de dinheiro. 

O tráfego pago custa dinheiro, no entanto gerar resultados de uma forma mais rápida.

Se você está começando, recomendo que seu foco seja o tráfego orgânico. O tráfego pago exige estudo e investimento. Com o tempo e a experiência necessários, se tiver interesse você pode se beneficiar deste tipo de tráfego.

Você pode começar com atraindo tráfego livre de algumas ou todas essas boas fontes gratuitas:

  • SEO/Google
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram
  • Youtube
  • Twitter

O Pinterest, por exemplo, é hoje minha maior fonte de tráfego e eu não preciso gastar um único centavo por ele!

Dedique-se e os resultados com certeza aparecerão para você também. 

5. INTERAJA COM SUA AUDIÊNCIA

 


Você precisa não apenas criar uma audiência, mas também seguir interagindo com ela constantemente.

É possível fazer isso através de e-mails ou respondendo a todos os comentários – bons e ruins – que receber em suas mídias sociais.

Mantenha uma interação constante, faça perguntas a seus seguidores – posts com perguntas tendem a obter muito mais engajamento.

6. COLOQUE EM PRÁTICA!

 

 A questão principal é AGIR!

Mesmo que seja você cometa erros. E você vai cometer erros. É natural. Até porque isso acontece mesmo com quem já tem anos de experiência. (Confira o post: 7 Razões Por Que Novos Blogueiros Falham)

Você precisa estudar e praticar para aprender a ter sucesso no marketing de afiliados, mas você só aprenderá fazendo.

Então, comece agora mesmo!

O marketing de afiliados possui poucas barreira de entrada e não custa quase nada para começar.

E, ao longo do caminho, você aprenderá habilidades necessárias que são extremamente úteis neste tipo de negócio.

Não deixe de revisar suas estratégias e técnicas de venda periodicamente para ver o que está e o que não está funcionando para que você consiga corrigir a rota e melhorar os seus resultados como afiliado.

Então, o que você está esperando?!

MAS … SUCESSO EXIGE DEDICAÇÃO

 

O marketing de afiliados é um modelo de negócios que não exige experiência prévia. Você pode começar agora, a partir de passos simples.

No entanto, isso não quer dizer que apenas divulgar links trará resultado rápido.

Trabalhar com o marketing de afiliados exige pesquisa, dedicação e tempo. Ou seja, comprometimento.

Mas, no final, a dedicação vale a pena. Não é à toa que este mercado cresce a cada dia.

A renda de renda online já é uma realidade para muitos e o comércio digital tende a aumentar no futuro.

Com quase nenhum barreira de entrada, qual o principal obstáculo que você irá enfrentar? Você mesmo. Sua própria atitude e mentalidade definirão seu sucesso ou não.

Mude de percepção e pare de se perguntar: “Esse negócio é para mim?”, “Eu sou capaz de fazê-lo?”, “Será que dá realmente certo?”. 

Ao invés disso, questione-se: “Por que tantas pessoas obtém sucesso neste mercado?”, “Como eu posso ser bem-sucedido também?”.

O Segredo do Sucesso é simples, mas exige dedicação.

Outros Posts:

Canva | Como e Porque Utilizar

Canva | Como e Porque Utilizar

Este post contém links de afiliação que ajudam a manter o blog funcionando. SeguirSeguirSeguir CANVA: COMO E PORQUE...

Escrito por

Compartilhamento de conhecimento sobre expansão da consciência e desenvolvimento pessoal.

3 comentários em “

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest