Autoconsciência: O que é e porque Desenvolver a Sua

Este blog contém links de afiliados para produtos e serviços que recomendo. Leia meu aviso legal para obter mais informações. Se você fizer uma compra através desses links, sem nenhum custo extra para você, eu vou ganhar uma pequena comissão (pela qual sou muito grata).

Desenvolver a autoconsciência, ou seja conhecer a si mesmo, é o primeiro passo para alcançarmos a realização pessoal.

Esta é uma jornada interna em que descobrimos as causas experiências que nos acontecem, os nossos verdadeiros desejos, quem somos de verdade, e o propósito de vida que cada um de nós tem para contribuir com a humanidade.

autoconsciência o que é

Porque Desenvolver a AutoConsciência

Na era moderna, temos a tendência de nos focarmos nos objetivos externos, materiais e na busca pelo sucesso na vida.

No entanto, é quando estabelecemos uma conexão profunda com a nossa essência que desbloqueamos o nosso verdadeiro potencial. Ao tomar o primeiro passo para nos conhecermos melhor, podemos transformar profundamente a nossa vida e alcançar a realização pessoal.

Como explicado por Marla Frees, terapeuta e coach,

Através de uma autoconsciência mais profunda, podemos entender e resolver melhor os nossos problemas, construir relações saudáveis, eliminar medos e dúvidas, aumentar a nossa confiança, e alcançar os nossos objetivos de vida.

De fato, estudos recentes mostram que as pessoas que desenvolvem uma autoconsciência profunda vivem mais saudavelmente, produzem resultados mais elevados e alcançam mais sucesso na vida.

Comprometa-se com sua Expansão

Alcançar uma maior autoconsciência não é uma tarefa fácil. Na verdade, requer um compromisso contínuo na evolução pessoal e a observação cuidadosa dos sentimentos, pensamentos e comportamentos.

Para começar a desenvolver a autoconsciência, é importante criar conscientemente espaço para o autoreflexão e para reavaliar os nossos comportamentos e as nossas crenças.

Também é útil estabelecer hábitos diários, como meditação, praticar atividades criativas, ou apenas abraçar a consciência plena.

Estas atividades ajudam-nos a perceber a nossa verdadeira natureza, a desenvolver o self-awareness e, assim, a crescer e transformar a nossa vida.

Você realmente se conhece?

Você realmente sabe as respostas para as perguntas a seguir? 

  • Quão bem você conhece a si mesmo?
  • Porque se comporta da maneira como faz?
  • Quão profundamente você entende suas motivações?
  • O que impulsiona suas decisões?
  • Como se sente realmente sobre si mesmo e as pessoas em sua vida?

Como disse Ralph Ellison (1913–94): “Quando eu descobrir quem eu sou, serei livre.”

 A mesma coisa já dizia Lao Tzu (séc. VI a.C): “Quem conhece os outros é inteligente; quem conhece a si mesmo é iluminado.”

 Enquanto a conscientização é meramente saber o que está acontecendo ao seu redor, a autoconsciência é entender o que você está vivenciando.

A autoconsciência é a capacidade de saber o que estamos fazendo no momento em que fazemos e entender por que estamos fazendo isso.

A importância da autoConsciência

A autoconsciência é a base para a inteligência emocional, a autorreferência e a maturidade.

O psicólogo Daniel Goleman, autor do livro best-seller Inteligência Emocional, define autoconsciência como

… a capacidade de monitorar nosso mundo interior – nossos pensamentos e sentimentos.

 

A atenção plena é um método para melhorar essa capacidade essencial – ela treina nossa atenção para notar sinais sutis, mas importantes, e para ver os pensamentos à medida que eles surgem, em vez de apenas sermos varridos por eles.

Não apenas notar o que ocorre em nosso exterior e interior é importante. Também é necessário observar tudo isso sem interferir, ou seja, sem julgar, o que está ocorrendo.

Autoconsciência é a capacidade de dar uma olhada honesta em sua vida sem qualquer apego a ela, seja certo ou errado, bom ou ruim.

 

Debbie Ford | O Lado Sombrio dos Buscadores da Luz

Observação Consciente

Quando você se pegar criticando ou julgando algo em si ou em alguém, apenas observe esse pensamento.

O simples fato de tomar consciência dele o fará parar de alimentá-lo.

Fará você parar de ser uma vítima de seus pensamentos e de toda a carga emocional que os acompanham.

Suas ações não serão mais passivas e consequências de seus pensamentos e emoções – que estão sempre o ligando ao passado e seus erros -, mas serão ações conscientes frutos de escolhas feitas no presente.

Isso não quer dizer que seja algo agradável, talvez por isso que percebemos a autoconsciência como algo difícil, quando, na verdade, o presente é o único tempo que existe e estar nele é nosso estado natural de ser.

No entanto, quando você finalmente percebe que não é nem os seus sentimentos e nem o seus pensamentos, a vida fica mais leve, você não age mais por medo ou ansiedade (ou você percebe que está agindo impulsionado por esses fatores e pode corrigir suas ações a tempo),

Você apenas observa todas as informações que lhe chegam sem identificar-se com elas, sem desejar mudá-las.

Não exija perfeição em suas ações, nem se preocupe em parecer perfeito na frente dos outros.

E, o que quer que esteja acontecendo em sua vida, neste exato momento, está aí para lhe ajudar no desenvolvimento da sua autoconsciência.

No momento em que você aceita que os seus erros são uma valiosa parte dele, eles se convertem em seus maiores aliados!

pensamentos finais…

Desenvolver a autoconsciência é o primeiro passo para atingirmos a realização pessoal.

Esta é uma jornada que não tem fim, mas cujos benefícios são inimagináveis.

Ao investir no nosso autoconhecimento e aproveitar os benefícios da autoconsciência – sejam comportamentais, emocionais, sociais ou espirituais – podemos começar a atingir o nosso verdadeiro potencial e alcançar a realização pessoal.

sugestões de leitura

Inteligência Emocional | Daniel Goleman

Clique para saber mais!

O Lado Sombrio dos Buscadores da Luz | Debbie Ford

Clique para saber mais!

Atenção Plena Para Iniciantes | Jon Kabat-Zinn

Clique para saber mais!

Um Caminho para a Liberdade | Jojo Moyes

Clique para saber mais!