Este post contém links de afiliação que ajudam a manter o blog funcionando.

 

Será que é possível saber quem somos?

A nossa vida tem um propósito ou somos apenas um “acidente de percurso”?

Com que devemos contribuir?

O que devemos ser, criar, compartilhar?

osho-livros

O Livro da sua Vida 

[trecho]

A própria ideia da criação faz de nós uma arbitrariedade, um capricho, ao passo que a evolução não é arbitrária, não é uma excentricidade.

A evolução é eterna; ela nunca tem fim.

Deus faz tudo ficar tolo, pequeno, arbitrário, sem sentido, excêntrico. Estava ali aquele velho, e ele deve ser realmente muito velho – mas muito velho mesmo – e então lhe ocorreu essa ideia da criação, e em seis dias ele já tinha criado tudo.

[…]

Quando eu digo que Deus é o maior inimigo da religiosidade, isso choca as pessoas supostamente religiosas, porque elas acham que religião é rezar para Deus, prestar culto a Deus, entregar-se a Deus.

Elas nunca pensaram sobre responsabilidade, liberdade, crescimento, consciência, existência; elas nunca se importaram com nada disso – embora essas sejam as verdadeiras questões religiosas.

Essas pessoas não sabem, o que estão perdendo. Estão perdendo tudo o que há de mais valioso, tudo o que há de mais belo, tudo o que poderia se tornar uma benção para elas.

A pessoa supostamente religiosa começa a focar a atenção numa ficção e esquece a sua própria realidade, esquece de si mesma e pensa em alguém, lá em cima, no céu.

Essa pessoa lá no céu não é existencial, mas você pode enfocar uma coisa não-existencial e se esquecer de si mesmo. Mas, é aí que a verdadeira religião acontece: dentro de você.

Rezar, portanto, não tem nada a ver com religião.

O que você está fazendo quando reza? Você está criando, primeiro, uma imagem da sua própria imaginação , rendendo-se á sua própria imaginação e, depois, conversando com essa imagem.

Você só está encenando um ato insano.

Em todas as igrejas, em todas as sinagogas, em todos os templos e em todas as mesquitas do mundo, essas pessoas estão fazendo algo insano; mas o mundo está cheio de pessoas insanas.

[…]

Outros Posts:

Escrito por

Compartilhamento de conhecimento sobre expansão da consciência e desenvolvimento pessoal.

Um comentário em “

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest