Energia (Consciência) É tudo o que Existe e PERMEIA tudo o que Existe no Universo

Energia – ou Consciência – É tudo o que existe e PERMEIA tudo o que existe no Universo

O que classificamos como matéria, no nível quântico ou subatômico, não existe fisicamente. 

Quanto mais perto se chega de um átomo, por exemplo, menos se vê dele. Isto porque, o átomo é apenas um vórtice de energia cuja velocidade de rotação lhe confere aparência sólida.

Como toda nossa realidade é composta de átomos, nada é verdadeiramente material, mas energia vibrando em altíssima velocidade.

Como não se pode separar uma energia da outra, no nível subatômico, todas as coisas e seres já estão entrelaçados, conectados, e afetam-se mutuamente em maior ou menor grau.

Só existe uma única Consciência que dá origem às demais, sem delas se separar. Essas são extensões da original, como ramos de uma árvore conectados ao tronco. (Hélio Couto)

“Toda a matéria se origina e existe apenas em virtude de uma força que traz a partícula de um átomo à vibração e mantém unido este diminuto sistema solar do átomo. Devemos supor que por trás dessa força existe uma mente consciente e inteligente. Essa mente é a matriz de toda a matéria”. (Max Planck).

O átomo – e tudo o mais – pode então ser tratado como:

  1. partícula: energia se comporta como matéria no nível macroscópico. Massa é somente energia em um estado maior de condensação, e/ou
  2. onda: como já demonstrado pela física quântica em milhares de experimentos, nada é realmente sólido. Tudo é energia e energia não possui fronteiras.

“A moderna física teórica colocou o nosso conhecimento acerca da essência da matéria num contexto totalmente diferente. Afastou o nosso olhar do visível — as partículas — para a entidade subjacente, o campo. A presença de matéria deve-se apenas a uma perturbação do estado normal do campo nesse local”. (Walter Thirring).

Para ser cientificamente preciso, você deve incluir energia como parte do entendimento sobre qualquer mecanismo no universo. (Bruce Lipton).

Física newtoniana e física quântica não são excludentes. Já que a primeira, sendo materialista-reducionista-determinista, só consegue explicar uma parcela da realidade (seu aspecto partícula), ela deve ser incorporada à segunda, cujas descobertas explicam como a energia/consciência (onda) molda a matéria.

Referências

Bruce Lipton:

https://www.youtube.com/watch?v=YackvFSlDQk&t=0s&list=LL53h7EwaZqJ-5h44cth7vhA&index=31

https://www.youtube.com/watch?v=KjdLRvIhAgw&index=26&list=LL53h7EwaZqJ-5h44cth7vhA&t=0s

Prof. Hélio Couto: Caminho das Palestras e Mentes In-Formadas

Max Planck: The Nature of Matter

Walter Thirring: Urbausteine der Materie», Almanack der Österreichischen Akademie der Wis-senschaflen, vol. 118 (1968), p. 160.

Compartilhe!

Escrito por

Compartilhamento de conhecimento sobre expansão da consciência e desenvolvimento pessoal.

Deixe um Comentário!